Petecão lamenta maior escândalo de corrupção da história do governo do Acre


Instalou-se no meu estado uma quadrilha que tirou o emprego, a vida e sucateou o nosso estado, disse o parlamentar


O senador Sérgio Petecão (PSD) repercutiu, no plenário do Senado Federal, o desdobramento da Operação Ptolomeu. Deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (16), a operação investiga uma organização criminosa instalada dentro do Governo do Acre que atuava no desvio de recursos públicos e na ocultação de origem e destino de valores subtraídos.


“Espero que a Polícia Federal – uma das instituições mais sérias desse país – apure com rigor todos os fatos. Quem desviou o dinheiro dos acreanos terá que pagar pelo crime”, disse o senador.


Petecão destacou que, na atual gestão do governo do Acre, praticamente 90% das empresas que operavam em obras provinham do estado do Amazonas. “Nada contra os empresários do Amazonas, mas que venham trabalhar no Acre de forma lícita”.


Petecão disse ainda que empresários acreanos relatavam os prejuízos que as ações do governo ocasionavam às pequenas e médias empresas do Estado. “Os empresários clamavam por um basta nesta situação. As empresas do Acre quebraram todas”.

Para Sérgio Petecão, nunca antes um escândalo dessa proporção foi visto no Estado do Acre, e classificou as ações criminosas como uma vergonha e um desrespeito ao povo acreano.