Petecão denuncia governo do Acre por retirar máquinas de prefeituras




Nesta sexta-feira, 3, o coordenador da bancada federal, senador Sérgio Petecão, esteve no Ministério Público Federal (MPF) e no Ministério Público Estadual (MPAC) para denunciar o governo do Acre pela retirada de maquinários de municípios onde os prefeitos não apoiam a reeleição de Gladson Cameli.


Acompanhado do advogado Odilardo Marques, Petecão formalizou a denúncia divulgada amplamente pela imprensa nas últimas semanas. O senador vê suspeita de crime eleitoral, já que o governo do Estado retirou máquinas de gestores municipais que manifestaram apoio a outros candidatos ao Palácio Rio Branco, possivelmente, como forma de retaliação.


Petecão lamentou a atitude de Cameli e se solidarizou com os pequenos produtores que estão sendo prejudicados. “É muito grave o que está acontecendo no Acre. Os interesses políticos não podem estar acima dos interesses da população. Usar pessoas menos favorecidas como instrumento de coação é tudo que o nosso estado não precisa. Isso é uma crueldade sem tamanho”, afirmou.


As administrações municipais precisam do maquinário para avançar na manutenção de ramais, principalmente durante o verão, período que é possível intensificar as ações. Epitaciolândia e Acrelândia foram as primeiras prefeituras prejudicadas. Petecão teme que outros gestões passem pela mesma situação.


Parte do maquinário foi adquirida com emendas de bancada. A frota deveria ter sido cedida a todas as municípios, conforme combinado com os parlamentares anteriormente, mas o governo não cumpriu o acordo e deixou todas as máquinas sob responsabilidade do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre).