“Governo admite retorno do horário antigo”, diz Petecão

O líder do PMN no Senado Federal, Sérgio Petecão, disse ,ontem em Brasília, que considerou muito positiva a atitude do Governo do Estado ao baixar portaria retomando o horário antigo para as repartições públicas acreanas. O senador disse que a atitude é um sinal de bom senso e coerência oficial que “vem ao encontro à decisão popular tomada em 31 de outubro no referendo”.


Para Petecão, com esta atitude o Governo do Estado sinaliza entrar em sintonia com a maioria dos acreanos que de forma clara e inequívoca optou pelo retorno do horário tradicional, ”por questões de conveniência como também por razões de imposição da própria natureza”.


Petecão lembrou que o fuso horário de 2 horas a menos da hora oficial de Brasília foi instituído com base científica por decreto presidencial em 1913, ”obedecendo a aspectos geográficos que criaram hábitos e costumes locais.”


Petecão lembrou, no entanto, que o mérito inicial de retorno paulatino ao horário tradicional se deve inicialmente ao prefeito de Cruzeiro do Sul,Wagner Sales.”Por sua sensibilidade política, o prefeito sabe muito bem que o povo do Juruá está acostumado a realizar todas suas atividades de acordo com a influência natural do dia”. A prova disto, segundo o senador, é que muitos ribeirinhos e mesmo comerciantes de todo o vale do Juruá simplesmente ignoraram a mudança de horário e continuaram e viver sob o fuso tradicional.


Encaminhamento


O projeto de lei do senador Pedro Taques (PDT/MT), que vem dar valor oficial ao referendo de 31 de outubro já se encontra nas Comissões de Assuntos Econômicos e na de Relações Exteriores, de onde deve ser aprovado para retorno à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal.Em seguida, deverá ser encaminhada à Câmara dos Deputados, também em regime de urgência , para votação terminativa (somente nas comissões).

© 2019 Senador Sérgio Petecão -  Desenvolvido por Linnyki Fernandes