Em sessão remota, Petecão defende auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas de baixa renda



O Senado Federal segue se reunindo virtualmente para a deliberação de projetos emergenciais em razão da pandemia ocasionada pelo novo corona vírus (COVID-19). Nesta segunda-feira (30), o senador Sérgio Petecão (PSD) defendeu a aprovação do projeto de lei que institui auxílio emergencial de R$ 600 para que pessoas de baixa renda consigam se manter por três meses, prazo previsto para durar o período de isolamento e a suspensão parte das atividades comerciais.


Segundo Petecão, as ações para o combate à disseminação do vírus são importantes, porém, impactam violentamente alguns setores da economia, sobretudo, os pequenos empresários e os mais pobres. “Entendo que os principais afetados serão os pequenos empresários e os trabalhadores informais que tiveram que suspender suas atividades para entrarem em isolamento. Existe a previsão para o aumento do desemprego, e o auxílio de R$ 600 é vital para que muitas pessoas atravessem o momento da pandemia com condições mínimas”, disse.


O senador defendeu ainda a aprovação do projeto de Lei nº 786 que autoriza a distribuição de alimentos adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar aos pais e responsáveis dos estudantes de escolas públicas e de educação básica. 

© 2019 Senador Sérgio Petecão -  Desenvolvido por Linnyki Fernandes